QUALIDADE DE VIDA DE POLICIAIS MILITARES DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO

  • Vinicius Puiti Brasil Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. Departamento de Polícia Militar.
  • Luciano Garcia Lourenção Faculdade de Medicina de S?o Jos? do Rio Preto - FAMERP. http://orcid.org/0000-0002-1240-4702

Resumo

Introdução: As características inerentes à profissão de policial militar que compõem o ambiente profissional refletem seus riscos, segurança, nível de estresse e outros fatores que, em conjunto, formam a percepção de qualidade de vida e saúde desses profissionais. Objetivo: Avaliar a qualidade de vida de policiais militares do interior do Estado de São Paulo. Casuística e Métodos: Estudo transversal com 289 policiais militares pertencentes ao 16º BPM/I. Para a coleta de dados foi utilizado o WHOQOL-BREF, composto por 26 questões, das quais duas são gerais sobre as condições de vida e saúde. As demais 24 perguntas são relativas aos domínios físico, psicológico, relações sociais e meio ambiente, e suas facetas. Resultados: Dos 289 policiais, 270 (93,43%) eram do sexo masculino; a faixa etária prevalente foi dos 30 aos 45 anos (234 policiais - 80,97%); 201 (69,55%) policiais eram casados; 128 (44,29%) tinham de 6 a 20 anos de trabalho na PM; 148 (51,21%) possuíam ensino médio e 110 (38,06%) ensino superior; 86 (29,76%) policiais trabalhavam em horário comercial e 200 (69,20%), em escala de revezamento, sendo que 92 (31,89%) faziam turno de 24x48 horas; 231 (80%) policiais avaliaram a qualidade de vida como boa ou muito boa, enquanto quase 10% dos policiais referiram-se muito insatisfeitos (4 - 1,4%) ou insatisfeitos (23 - 8%) com a saúde. Os escores de qualidade de vida variaram entre 60,88 e 72,52. O maior escore foi para o domínio psicológico (72,52) e o menor, para o meio ambiente (60,88). Conclusão: Os policiais militares apresentaram comprometimento nos fatores relacionados ao domínio Meio Ambiente, sugerindo a necessidade de melhorias dos aspectos voltados para a segurança física e proteção dos profissionais, condições ambientais do local onde estão inseridos, recursos financeiros e transporte, além do ambiente no lar.

Publicado
março 23, 2017
Como Citar
BRASIL, Vinicius Puiti; LOURENÇÃO, Luciano Garcia. QUALIDADE DE VIDA DE POLICIAIS MILITARES DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Arquivos de Ciências da Saúde, [S.l.], v. 24, n. 1, p. 81-85, mar. 2017. ISSN 2318-3691. Disponível em: <https://www.cienciasdasaude.famerp.br/index.php/racs/article/view/511>. Acesso em: 28 out. 2021. doi: https://doi.org/10.17696/2318-3691.24.1.2017.511.
Seção
Artigos Originais

Palavras-chave

Qualidade de vida; Saúde; Promoção da saúde; Militares.