CARACTERIZAÇÃO DOS PACIENTES COM ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO ATENDIDOS NA EMERGÊNCIA

  • Renato Mendonça Ribeiro Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto-SP
  • Clea Domitildes Soares Rodrigues Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto-SP
  • Daniela Comelis Bertolin União das Faculdades dos Grandes Lagos _ UNILAGO
  • Rita de Cassia Helú Mendonça Ribeiro Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto-SP
  • Claudia Bernardi Cesarino Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto-SP
  • Luciana Kusumota Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-SP da Universidade de São Paullo
  • Joseli Ferreira Angelini Fantini Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto-SP

Resumo

Introdução: O Acidente Vascular Encefálico se caracteriza por déficit neurológico súbito, de origem vascular, podendo ser isquêmico ou hemorrágico. Objetivos: Caracterizar os pacientes com Acidente vascular encefálico atendidos na emergência de um Hospital de ensino e verificar os desfechos clínicos desses pacientes. Material e Métodos: Desenvolveu-se um estudo epidemiológico observacional, retrospectivo, de análise de prontuário eletrônico, que utilizou a estatística descritiva e o coeficiente de Spearman. Resultados: Fizeram parte da amostra 1.095 prontuários de pacientes com diagnóstico de acidente vascular encefálico, atendi-dos na emergência no período de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2014. Houve predomínio de pacientes do sexo masculino (51,9%); brancos (83,7%); com até oito anos de estudo (64,4%); casados/união estável (62,2%); procedentes de outras cidades do estado de São Paulo (60,8%); com mais de 60 anos (68,3%); que precisaram de internação (69,3%); atendidos pela neurocirurgia (52,3%); que fizeram tomografia computadorizada (55,8%); e tiveram como principal desfecho a alta médica (63,5%). Pode-se observar correlação direta e estatisticamente significativa, p=0,004, com o desfecho internação, indicando que as pessoas mais idosas necessitem mais tempo de internação. Conclusão: A maioria dos pacientes atendidos era homens, idosos, casados, com boa escolaridade, atendidos pela neurocirurgia, internados e o principal desfecho clínico foi a alta médica por melhora.
Publicado
dezembro 21, 2016
Como Citar
RIBEIRO, Renato Mendonça et al. CARACTERIZAÇÃO DOS PACIENTES COM ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO ATENDIDOS NA EMERGÊNCIA. Arquivos de Ciências da Saúde, [S.l.], v. 23, n. 4, p. 78-82, dez. 2016. ISSN 2318-3691. Disponível em: <https://www.cienciasdasaude.famerp.br/index.php/racs/article/view/463>. Acesso em: 26 jan. 2022. doi: https://doi.org/10.17696/2318-3691.23.4.2016.463.
Seção
Artigos Originais

Palavras-chave

Emergências; Acidente Vascular Cerebral; Enfermagem.