Mortalidade por suicídio entre mulheres: diferenças regionais e influências socioeconômicas

DIFERENÇAS REGIONAIS E INFLUÊNCIAS SOCIOECONÔMICAS

Resumo

Introdução: O suicídio representa um grave problema de saúde pública global de grande
impacto social, econômico e pessoal. Objetivo: Avaliar a mortalidade por suicídio entre mulheres
brasileiras, as diferenças regionais e influências socioeconômicas. Métodos: Foi realizado estudo
descritivo e analítico, com abordagem quantitativa. Foram incluídos na amostra todos os registros
de suicídio de mulheres residentes nas regiões brasileiras, por grupo etário, cujo óbito ocorreu
entre janeiro de 2006 e dezembro de 2015. Utilizou-se a taxa de mortalidade por suicídio
como variável dependente. As variáveis independentes relacionadas às mulheres foram: ciclo
de vida (adolescente; jovem; adulta e idosas) e região de residência. Relacionadas às variáveis
socioeconômicas: foram utilizadas a partir dos indicadores censitários: índice de Gini da renda
domiciliar per capita, razão de renda, taxa de desemprego, taxa de analfabetismo e Produto
Interno Bruto per capita. Resultados: A taxa média de suicídio em mulheres brasileiras foi de 3,11
por 100.000 habitantes no período de análise. Analisando a evolução ao longo dos anos, houve um
crescimento entre os anos de 2006 e 2014 passando de 2,93 por 100.000 habitantes para 4,71 por
100.000 habitantes, observando um leve declínio do ano de 2014 para 2015. Notou-se um número
maior na taxa de suicídio em mulheres adultas (3,7/100.000, p<0,001). O Sudeste foi a região
com maior taxa média (5.06/100.000, p<0,001). Observou-se correlação negativa entre a taxa de
suicídio e os indicadores: taxa de analfabetismo, índice de Gini per capita, razão de renda e taxa de
desemprego (p<0,001). Conclusão: A mortalidade por suicídio em mulheres no Brasil prevaleceu
em mulheres adultas e apresentou curva de crescimento. As taxas de suicídio foram maiores na
região Sudeste e estiveram correlacionadas com melhores condições socioeconômicas.

Publicado
abril 13, 2021
Como Citar
FERNANDES, Flávia Emília Cavalcante Valença et al. Mortalidade por suicídio entre mulheres: diferenças regionais e influências socioeconômicas. Arquivos de Ciências da Saúde, [S.l.], v. 28, n. 1, abr. 2021. ISSN 2318-3691. Disponível em: <https://www.cienciasdasaude.famerp.br/index.php/racs/article/view/1913>. Acesso em: 17 out. 2021. doi: https://doi.org/10.17696/2318-3691.28.1.2021.1913.
Seção
Artigos Originais